Translate

My MTB has DIABETES

Diabetes is something that cycling with me since 21 years ago, I’m 41. The blue O Project regarding the disclosure of diabetes disease associated with the practice of MTB, talking, discussing and to clarifying some aspects, from who has to deal with these two situations simultaneously.

Reginaldo Ferreira blue O Rider na Rota do Bacalhau

Boas pedaladas,

O nosso blue O Rider Reginaldo Ferreira de Aveiro mandou noticias da sua Rota do Bacalhau dia 3 de Junho...

"O dia começou bem cedo para preparar o material, a “montada” e o “montador”e chegar cedo ao local de partida a fim de ficar bem posicionado pois estava previsto muitos BTT e que foi confirmado pela organização como sendo qualquer coisa como 1025 entusiastas á partida.

Com um pequeno almoço reforçado e um inicio nos 148mg/dl o cantil com água e Energic Plus da BIOVIP e mais umas barritas lá me fiz ao pó com todo o gosto e vontade de chegar ao fim e sem mazelas.

O percurso foi muito agradável com uma passagem inicial pelo centro da cidade o que fez com que o grupo se esticasse, mesmo assim quando se entrou nos single tracks houve que marcar passo pois a afluência era muita. Foi uma prova onde me senti muito bem e os músculos responderam da melhor forma, a primeira zona de assistência foi usada para beber água e comer uma barra energética e abastecer outra para o “caminho”. Perto dos 25 km apareceu a primeira subida a sério onde mesmo quem tinha pernas, as mesmas foram usadas foi para empurrar a bicla pela serra acima, começaram os caminhos com alguma areia e se não era essa material então era terra bem rija com muitos sulcos e buracos. A segunda zona de assistência foi vista mais uma vez sem parar, arrancar a garrafa da mão de uma das várias pessoas da organização que por ali estava e beber quase tudo de uma golada e o resto pelo capacete abaixo para lavar o suor que escorria e me fazia arder os olhos. Até ao e após o 3º posto de controlo foi andar num zig-zag e num subir e descer constante em single track muito estreitos onde os mais afoitos foram deixando as suas marcas nos pinheiros e eucaliptos.

Por fim lá fui começando a ver o fim á vista chegando num fantástico 423º lugar (para mim muito bom) com 3h01´ a pedalar. A máquina das glicemias marcava os 110mg/dl outra das minhas vitória do dia.
 
 

Depois da bicicleta arrumada e o merecido banho tomado foi hora de desfrutar das histórias com meus companheiros de aventura em frente do delicioso Bacalhau assado com batatas a murro e salada, regado com cerveja, um café e muita boa disposição.

Venha a próxima que é no dia 8 de Julho e chama-se 4ª Maratona BTT de Aveiro."


Pedaladas boas Reginaldo,
casf   

Sem comentários:

Enviar um comentário